Que tal aproveitar que o frio ainda não tomou conta de São Paulo e se aventurar com o litoral paulista que é cheio de opções pouco conhecidas? Se você busca sair da zona de conforto, fazer algo diferente, sossego, praias desertas e natureza, irá se encantar com estes 5 lugares para relaxar longe da agitação. Conheça o litoral paulista inexplorado!

São Sebastião
Em São Sebastião, você encontra muitas trilhas e praias desertas do litoral norte. A costa é bem preservada, ideal para quem gosta do contato com a natureza e para quem tem a consciência da preservação das poucas faixas de mata ainda preservadas. A dica é fazer as trilhas – com duração de até 3 horas – no trocho que vai da Barra do Una e Paúba a praia Brava, entre Boiçucanga e Maresias.

Praia Brava

É preciso ter disposição. Mas se você prefere mais conforto e menos cansaço, poderá chegar às praias de barco. A praia Brava é perfeita para tomar banho de sol ou praticar surfe, já que as ondas são bem fortes. Pertence a uma área protegida pelo Parque Estadual da Serra do Mar.

Ilha Bela
Ilha Bela é bem conhecida do grande público e recebe muitas pessoas no verão. Mas ainda é uma opção de águas limpas e natureza bem cuidada. Ótima cidade para que busca o litoral paulista inexplorado. As praias da Caveira, Bonete e Castelhanos são as mais calmas, perfeitas para relaxar ou passar o dia com a família. Mas lembre-se de que Castelhanos possui uma estrada intransitável, sendo preciso passar por seus 25 km com um carro 4 x 4.

Praia Castelhanos

A Praia da Caveira fica no lado leste da Ilhabela, entre as Praias da Serraria e da Guanxuma. Há 3 opções para se chegar até a praia: 1) pela praia de Castelhanos, onde é possível uma carona com barqueiros até a praia da Caveira. 2) é possível chegar de barco pelo meio da baía, a lancha parte da Praia do Perequê e leva em torno de 45 minutos para chegar.

A praia é bem pequena, com apenas 300 metros de extensão e atrai muitos peixes pela existência de pedras submersas e a vegetação submarina do local.

Reza a lenda que o nome Caveira resume uma tragédia que ocorreu na região, em 1916. Segundo a lenda, o transatlântico inglês Príncipe das Astúrias afundou com mais de 600 pessoas a bordo. No entorno das pedras submersas, muitas espécies de peixes e vegetação atraem mergulhadores que fazem pesca submarina. A clareza das águas favorece essa prática.

Praia Bonete

Já a praia do Bonete, no sul da ilha, é preciso ter disposição para encarar uma trilha de três horas. Esforço este que será muito bem recompensado, com mata ainda inexplorada, cachoeiras, praias incríveis e até animais selvagens. É preciso ter um bom condicionamento físico e ir preparado – leve sempre água, comida, repelente e proteção solar.

Caraguatatuba

As praias da Ilha do Tamanduá (maior distrito de Caraguatatuba) possuem acesso exclusivo por barco desde as praias de tabatinga, Cocanha, Mococa e Massaguaçu. É preciso se informar sobre o transporte até a ilha, que fica a quatro quilômetros da costa, na direção da praia de Tabatinga, próxima à divisa com Ubatuba. É uma ótima opção para quem quer fugir da agitação.

Ubatuba
A praia Brava da Almada, na região norte, está totalmente inserida dentro do Parque Estadual da Serra do Mar, sendo assim mais uma opção de litoral paulista inexplorado. É perfeita para quem quer sossego. Mas o único meio de chegar à praia é por uma trilha na encosta da Serra do Mar. O nível de dificuldade da trilha é moderado, mas requer disposição. Para se ter uma ideia, possui apenas dois moradores no local. É perfeita para surfe, mas pode apresentar um pouco perigo para o banho de mar. É uma das praias mais bonitas do litoral paulista.

Praia da Raposa

A Praia da Raposa, pouco habitada e cercada pela Mata Atlântica, bromélias, heliconias e árvores frutíferas, a região já foi até batizada de “paraíso dos aromas e sabores”.

Fica a 32 quilômetros do centro de Ubatuba, para chegar até a praia, poderá ir de barco ou encarar um trilha de nível médio/difícil que sai da praia do Pulso ou praia da Caçandoquinha. A praia é considerada apropriada para pesca e, principalmente, para descansar.

Guarujá
Já falamos por aqui sobre as praias de São Pedro, da Conchas e Iporanga – 3 praias no Guarujá que você precisa conhecer.

As três praias ficam dentro de um condomínio fechado, chamado Iporanga. O acesso é limitado a uma quantidade específica de carros (média de 110 carros por dia) para garantir a preservação do meio ambiente. Então, o recomendado é chegar cedo para garantir o seu lugar ao sol, já que o acesso é feito por ordem de chegada. Para quem gosta de natureza, sossego e privacidade, é o destino certo: cercado de mata atlântica, estacionamento gratuito e ar puro!

Thiago Campos é jornalista. Lívia Duccini é psicóloga. Sonhadores e curiosos, são apaixonados por viagens, gastronomia, escrever e pela simplicidade dos pequenos momentos. Acreditam em um mundo melhor, onde as pessoas possam trabalhar com o que amam e realizar os seus sonhos.
Gostou? Compartilhe!Share on Facebook84Tweet about this on TwitterGoogle+0