Destinos como Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Austrália estão perdendo lugar para outros países no que diz respeito a intercâmbios. Cada vez mais os intercambistas buscam países alternativos e até exóticos para aprender um idioma, fazer uma faculdade ou pós-graduação, participar de programa humanitários ou ambientalistas, etc.

Pense: é uma aventura fazer uma viagem de estudo para um país bem desconhecido, com um idioma muitas vezes desafiador. Existe maneira mais propícia de sair da zona de conforto? Então conheça 5 lugares alternativos para fazer intercâmbio e faça a sua escolha.

MaltaMalta
O pequeno país banhado pelo Mediterrâneo já é um tanto conhecido pelos viajantes que buscam se aprofundar em um idioma. As línguas oficiais são o maltês e o inglês. O país possui muitas cidades, como Valletta, Gozo e Comino. Fica estrategicamente posicionado entre alguns países europeus, como a Itália, os quais você também pode conhecer facilmente. É um dos menores países do mundo – com apenas 400 mil habitantes. E o clima é parecido com o do Brasil. Geralmente quem faz o intercâmbio para Malta, recomenda, além de ter um povo hospitaleiro, que gosta de mostrar a sua cultura, o país é rodeado por lindas praias, paisagens e arquitetura histórica.

A qualidade de vida em Malta é inquestionável. O país oferece as vantagens de um lugar pequeno (segurança, mobilidade, organização, hospitalidade) com características de metrópole (museus, teatros, cursos, restaurantes, bares, baladas). Para quem gosta de festas e baladas, a entrada é free!

MaltaDubai
Dubai cada vez mais oferece programas de intercâmbio para cursos rápidos, graduação e pós-graduação. As áreas de abrangência são os negócios, comunicação e marketing, engenharia mecânica, elétrica e civil, negócios e finanças, etc. Há ainda programas na área de arte. A cidade é um reduto de estrangeiros que estudam e trabalham, além de firmarem negócios. Dubai, que fica nos Emirados Árabes, é moderna e encantadora, uma opção inclusive para quem gostaria de aprimorar o inglês.

Equador
Uma opção para quem quer aprender espanhol é o Equador, que faz limite com a Colômbia e o Peru. A capital é Quito, mas a maior e mais economicamente importante cidade é Guayaquil – ambas oferecem opções de estudos da língua, programas culturais e humanitários, e programas acadêmico. O intercambista terá a sua disposição vários destinos turísticos, com destaque para as Ilhas Galápagos, que ficam a aproximadamente mil quilômetros da costa do país e foram pesquisadas pelo naturalista Charles Darwin em 1835.

Rússia
Já pensou em aprender russo? Se a sua resposta for positiva, poderá fazer um intercâmbio em Moscou ou em São Peterburgo. As cidades reservam muita cultura, tradição e lugares interessantes para o visitante conhecer: a Praça Vermelha, o Kremlin, a Catedral de São Basílio e muitos outros locais. No verão, a temperatura pode chegar a 300 e no inverno a -200. Possui programas de língua, artes, teatro, música e esportes, além e ser referência nos programas de engenharias e matemática.

África do Sul

África do Sul
A África do Sul não poderia deixar de entrar na lista de 5 lugares alternativos para fazer intercâmbio. Ótima opção para quem quer aprender inglês. O país de Nelson Mandela cada vez mais recebe visitantes em estudo, oferecendo bolsas em universidades, cursos rápidos e até voluntariado para estrangeiros. Quando comparado aos preços gastos em um curso de inglês na Europa ou Estados Unidos, um curso de inglês na África do Sul sai com grande vantagem em relação ao custo. A Copa do Mundo de 2010 chamou atenção do mundo para a região e aumentou o interesse. Segundo a associação de escolas de inglês da África do Sul, a EduSA, 20% dos estudantes estrangeiros do país são brasileiros!

Além de Johannesburgo, a Cidade do Cabo é uma excelente opção para quem gosta de surfe, outros esportes radicais e ecoturismo. Vale lembrar que o visual é belíssimo. A variedade de paisagens é enorme, assim como sua diversidade de religiões, costumes e tradições. Prato cheio para um intercâmbio riquíssimo, tanto de aprendizado, quanto culturalmente! Possui ainda outros 11 idiomas oficiais.

Fotos / Malta: Marina Gonçalves

Foto / África do Sul: Thiago Campos

Thiago Campos é jornalista. Lívia Duccini é psicóloga. Sonhadores e curiosos, são apaixonados por viagens, gastronomia, escrever e pela simplicidade dos pequenos momentos. Acreditam em um mundo melhor, onde as pessoas possam trabalhar com o que amam e realizar os seus sonhos.
Gostou? Compartilhe!Share on Facebook114Tweet about this on TwitterGoogle+0