Inspirado em um texto publicado no site 99jobs, o Zona de Desconforto elaborou uma lista com 11 razões pelos quais as pessoas sofrem com infelicidade no trabalho. Os motivos para a falta de satisfação no trabalho são inúmeros e muitas vezes passam despercebidos.

 Foto 01 - 11 razões para ser infeliz no trabalho

1. Pensam que outro emprego seria melhor

As pessoas se sentem infelizes por pensar ou até se iludir que “em outro lugar será melhor”. Ao conversarem com seus amigos (que falam bem sobre o local onde trabalham), ou até pesquisarem por outras empresas ou outras áreas de atuação, elas chegam a conclusão de que o seu trabalho atual é ainda pior.

2. Seus valores não combinam com os da empresa

É importante que ao entrar em uma organização você tenha certeza de que seus valores se encaixam com os da empresa para não causar infelicidade no trabalho. Isso garante que você não ficará desmotivado por sentir que não tem o perfil ideal para o trabalho.

3. Falta de valorização e reconhecimento

Saber que o seu trabalho é importante para a empresa é imprescindível, e isso não implica apenas recompensa ($$$) para cada coisa boa que você fizer. Algumas vezes, apenas um elogio é suficiente para mostrar que o trabalho está sendo reconhecido.

4. Insegurança

Se a empresa está passando por tempos difíceis ou há clima de desligamento no ar, é provável que quem trabalha nela se sinta afetado por isso. É importante que os gestores saibam como avisar as pessoas de que elas não estão em risco por isso (se for o caso) e manter a equipe sempre positiva. A segurança causa satisfação no trabalho.

5. Não há espaço para desenvolvimento

Quando uma empresa não oferece oportunidades de crescimento, é comum que as pessoas se sintam presas e desmotivadas. Por isso, é essencial que haja planos e transparência para que todos possam avançar profissionalmente.

6. Insatisfação com o salário

Salários baixos são, muitas vezes, a razão principal pela qual as pessoas não se sentem felizes no trabalho. Sentir que recebemos menos do que merecemos é extremamente desmotivador.

Foto 02 - 11 razões para ser infeliz no trabalho
7. Não ter voz ativa na empresa

Quando pessoas não podem manifestar suas opiniões e ideias, elas podem sentir que não são úteis para a organização.

8. Não ter desafios

A maioria das pessoas está sempre procurando melhorar suas habilidades no trabalho e alcançar seus objetivos. Quando elas não têm desafios, pode surgir um sentimento de desmotivação.

9. Não ter paixão pelo trabalho

Se a pessoa não ama o que faz, é provável que ela se sinta insatisfeita e não traga bons resultados à organização e a si mesma. Dificilmente terá satisfação no trabalho. Por isso, é importante que, no momento da contratação, as preferências sejam para quem realmente tem afinidade com os valores da instituição e para as atividades que executará.

10. Má qualidade de vida

Se adequar ao horário da empresa que nem sempre é o melhor pra você. Por exemplo: quem adora dormir tarde e é obrigado a acordar cedo para ir trabalhar, já que a maioria das empresas não são flexíveis com relação aos horários; demorar cerca de duas horas (ou até mais) para chegar ao trabalho devido o trânsito; chegar amassado no trabalho devido aos estressantes e super lotados transportes públicos; e se acostumar com a comida do refeitório da empresa sem tempero nenhum ou se contentar com aqueles fasts foods disponíveis e geralmente lotados próximos do seu trabalho.

11. Ambiente de trabalho

Quando falamos de ambiente, incluímos colegas, material, equipamentos, limpeza do local, falha na comunicação entre gestor x equipe, entre tantos outros fatores que afetam sua produtividade. Isso sem contar quando algumas empresas falham em cumprir suas obrigações perante a lei.

Fonte de inspiração: 99jobs.com

Thiago Campos é jornalista. Lívia Duccini é psicóloga. Sonhadores e curiosos, são apaixonados por viagens, gastronomia, escrever e pela simplicidade dos pequenos momentos. Acreditam em um mundo melhor, onde as pessoas possam trabalhar com o que amam e realizar os seus sonhos.
Gostou? Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterGoogle+0